Beleza Consciente

7 pecados: erros comuns na limpeza e uso dos pincéis de maquiagem

Ahhh que maravilha ir naquele maquiador incrível, sair diva, fazer muitas selfies, muito brilho, muito glamour! Mas sair linda e com a pele pinicando, ficar com herpes no dia seguinte, espinhas talvez e enjoada com o cheiro da maquiagem é péssimo!

 

GIF
“Ai, Ti, mas que exagero… nem é assim meus pincéis são cheirosinhos e fofinhos! Dá licença que vou passar essa esponjinha boa pra ca…ramba que tenho faz quase um ano, e guria, é só passar aquele spray que tira o excesso de maquiagem que fica novinha, nem parece que uso todos os dias!”

 

Mas qual a ligação entre uma coisa com a outra?

Fungos, bactérias de diversos tipos, sujidades, ácaros, cebo, produtos contaminados… É isso que podemos encontrar na bancada do maquiador (a) que ignora os conceitos básicos de biossegurança.

Os pincéis e produtos de maquiagem são de uso individual, sempre! Mas o que acontece quando estes materiais não são vistos nessa condição? Tornam-se instrumentos de contaminação, assim como uma abelinea que vai de florzinea em florzinea polinizando e perpetuando espécies de flores os pincéis vão de pele em produto e em outras peles carregando a flora bacteriana de um para o outro, o que pode resultar numa infecção cruzada*. Ai que linda analogia, quanta fofura na trajetória da infecção cruzada.

 

GIF

 

“Infecção cruzada é um termo utilizado para referir-se à transferência de micro-organismos de uma pessoa ou objeto para outra pessoa, resultando necessariamente em uma infecção.” (Biossegurança em estabelecimentos de beleza e afins / Jeanine Maria Pereira Ramos)

Quer exemplos de doenças que podem ser adquiridas nessa brincadeirinha dos pincéis sujos? Aí vai:  doenças de pele, doenças gastrintestinais, doenças respiratórias, conjuntivites, infecções bacterianas de olhos, blefarite (inflamação da base dos cílios), doenças labiais como herpes, clamídia, gripes, resfriado, diarreia, citomegalovirose e mononucleose. Pense nisso quando bater a preguiça de higienizar seu materiais.

GIF

Depois dessa introdução, vamos aos 7 pecados.

Tentei criar uma lista por ordem de importância, mas não consegui. Decidi seguir a lista dos 7 pecados capitais para organizar e facilitar a memorização, mas a ordem (nesse caso) não indica importância.

1 – Soberba: Usar pincéis não descartáveis em fístulas, pústula, pele não integra e pensar que “não dá nada”, é só hoje, uma vez na vida não tem problema. Meu amigo, esse é o parque de diversão das nossas amiguinhas (haha, mentira, são inimiguinhas mesmo). Muito cuidado.

2 – Avareza: Usar condicionador para “amaciar” as cerdas e prolongar a vida útil dos pincéis. Os condicionadores costumam conter óleos e outros meios que facilitam a proliferação dos fungos. Deixe a avareza para lá e invista em sua profissão. Compre mais pincéis.

3 – Luxúria: Esbanjar comprando  líquidos para limpeza rápida de pincéis que não limpam de fato. Aqueles sprays cheirosinhos são excelentes solventes e  ajudam a retirar o excesso de maquiagem durante a execução da mesma, mas não são produtos de higienização efetiva, não tem ação bactericida.

4 – Inveja: Desejar tudo o que o coleguinha tem, de bancada, cinto a porta pincéis. mas não ter a mesma força de vontade que ele tem de manter seu ambiente limpo e seguro mesmo depois de ter passado horas em pé trabalhando. Parabéns pessoal, vocês são os guerreiros da beleza a la capa de revista, de dar inveja, ops…

5 – Gula: Usar o mesmo pincel (sem a higienização adequada) em mais de uma pessoa, afinal, preciso atender todo mundo, dar conta da agenda, sou fominha mesmo e daí?! Essa pessoa, não seja ela. Obrigada, de nada.

6 – Ira: Secar o material com secador de cabelo. Seja paciente, não se irrite com a demora da secagem natural do seu material. O secador é um equipamento sujo, acumula mais sujidades do que você imagina.

7 – Preguiça:  Lavar o material com shampoo de bebê. As youtubers que me perdoem, mas shampoo de bebê é apenas um detergente comum, não tem poder para eliminar o tipo de sujidade que habita nas cerdas dos seus pincéis. Manda a dona preguiça embora e busque referências com embasamento científico.

 

E aí, se quer saber como deve ser a execução da “limpeza perfeita clique aqui! Também me diz se a informação compartilhada aqui foi relevante. Seu feedback me ajuda a melhorar!  Acrescentaria algo, alteraria a ordem?  Obrigada por ler até aqui!

 

 

You Might Also Like

  1. Drika Zanoni

    fevereiro 7, 2017 at 14:48

    Parabéns pelo texto!! Super direto e esclarecedor. Se realmente os (as) profissionais se impotarssem mais com a qualidade do serviço que prestam do que com a quantidade de clientes muitos problemas seriam evitados. Conheço pessoas que já tiveram problemas após usarem produtos contaminados.

    1. Tiara

      fevereiro 7, 2017 at 15:04

      Obrigada por ler Drika! Que ótimo saber que foi bom. Biossegurança é um assunto sério e merece nossa dedicação e estudo, logo vou publicar como fazer a higienização correta para evitar esse tipo de problema. Beijão!!

  2. Renata Fogaça

    fevereiro 7, 2017 at 15:04

    Que de mais Ti, adorei saber desses 7 pecados. Com certeza vou ficar mais ligadinha daqui pra frente.

    1. Tiara

      fevereiro 7, 2017 at 15:11

      Oba! Obrigada por dedicar tempo para ler, Re. E que bom saber que gostou! Tão importante para mim. Logo vou publicar como fazer a higienização adequada e sem mistérios. Os estojos de maquiagem nunca mais serão os mesmos. hahaha

  3. Pamella

    fevereiro 7, 2017 at 15:21

    Top amei as dicas!

    1. Tiara

      fevereiro 7, 2017 at 15:33

      Que legal Pamella!! <3 Obrigada por ler e me deixar aber o que achou. Bj!

  4. marcia

    fevereiro 7, 2017 at 16:37

    Muito legal! Informação de grande valia para profissionais e clientes

    1. Tiara

      fevereiro 7, 2017 at 16:48

      Obrigada por ler e deixar sua opinião Marcia! <3 Levar em conta esses detalhes é um fator que determina um grande diferencial.

  5. Aline Feliciano

    fevereiro 7, 2017 at 16:43

    Uau, sabe que nunca tinha pensado na questão dos pincéis ? Sempre torci o nariz pro uso do batom. Evito ao máximo usar batons que não sejam os meus, mas não pensei na pele, olhos e saúde como um todo. Baita alerta!

    1. Tiara

      fevereiro 7, 2017 at 16:52

      Verdade Aline, a gente tende a lembrar das coisas mais óbvias. Sabia que o pincel que fica mais contaminado é o do pó? Ele interage com diversos tipos de bactérias (as tipicas da região de testa, nariz e queixo). haha. OPbrigada por ler e por compartilhar sua opinião. Bj!

  6. Muriel Bonassa da silva

    fevereiro 7, 2017 at 18:36

    Nossa ti .. de muita utilidade …… Biossegurança é tudo ….Texto bem explicativo direto….. Show!!!

    1. Tiara

      fevereiro 7, 2017 at 19:10

      Obrigada por ler Muri! Que bom que gostou. Esse tema as vezes é “pesado” por uma linguagem técnica complicada e pouco atrativa. Tentei abordar o assunto de uma forma leve e de fácil compreensão. Muito bom receber o retorno! <3 Bjão

  7. Kithy

    fevereiro 8, 2017 at 00:55

    Ótimo Ti! A limpeza dos pincéis realmente é muito importante, quando fico com preguicinha minha pele que paga, logo comevam aparecer as malditas espinhas! Não sei se tem mto a ver ou é coisa da minha cabeça, mas quando lavo com frequência parece que menos aparece 🤔

    1. Tiara

      fevereiro 8, 2017 at 01:40

      Que legal que gostou Kithy!!! Não é coisa da sua cabeça não, não dei nomes aos bois no texto, mas existem alguns gêneros bacterianos no rosto humano, como Propionibacterium, Staphylococcus e Pseudomonas. Essas lindezas se alojam nas cerdas dos pincéis e proliferam. Elas fazem estrago. Estou pra postar um post sobre a higienização correta, é bem fácil e elimina muito os riscos de contamnação.Bj

  8. Isidora

    fevereiro 8, 2017 at 01:06

    Primeiramente …. Eu adoroooooo como você usa as palavras, é praticamente fascinante !!!
    Muito mais que beleza , o assunto relacionou bem com a saúde. A mesma que esquecemos por pecar e não dar o tipo de atenção necessária aos nossos acessórios diários.
    Continue assim Ti, esclarecendo de uma forma direta e clara tantas informações pelas quais ainda sou leiga.
    Sucesso 👏👏👏

    1. Tiara

      fevereiro 8, 2017 at 01:46

      Ai que linda! Obrigada Isi! Espero mesmo continuar produzindo, me sinto muito bem escrevendo, e se for útil pra alguém, nossa, melhor ainda! A beleza sempre passa primeiro pela saúde. Bj!

  9. Tati Pizoni

    fevereiro 8, 2017 at 10:06

    Parabéns pelo texto amiga! Super esclarecedor e de grande valia! Beeijos mamãe linda ❤

    1. Tiara

      fevereiro 8, 2017 at 13:43

      Obrigada por ler Tati, que bom saber que gostou! <3 Beijo grande!

  10. Altaiza

    fevereiro 8, 2017 at 12:17

    Arrasou no artigo!! Do teu jeitinho ficou tão fácil de intender ❤❤ mas esse é um assunto sério, que muuuuuita gente esquece disso, meninas bora ficar ligadinhas nisso!!

    1. Tiara

      fevereiro 8, 2017 at 13:12

      Obrigada Iza!!! <3 Verdade, o assunto é sério e o que percebo é que por ter uma linguagem científica e complicada as pessoas pulam esta parte e fazem o que acham melhor... Que bom que ficou fácil de entender, essa era a intenção.
      <3

  11. Yandra Domingues

    fevereiro 8, 2017 at 12:39

    Nossa, Ti. Cometo 2 pecados. 🙁

    Eu lavo meus pincéis com shampoo de bebê e seco com secador! Nunca mais farei.

    Agora eu tenho três dúvidas, espero que tu consiga me ajudar:

    Eu troco de pincel (que uso apenas em mim) de quanto em quanto tempo?

    E qual produto eu posso usar pra lavar meus pincéis? Preciso lavá-los com qual frequência?

    No mais, ADOREI seu post! Muito bom mesmo. Aprendi demais.

    Parabéns.

    1. Tiara

      fevereiro 8, 2017 at 13:39

      Quem nunca pecou que atire a primeira pedra, haha.
      – Você pode trocar os pincéis assim que as cerdas mudarem de textura ou estiverem com mau cheiro, como não tem prazo de validade, tudo vai depender dos teu próprio manejo. Minha sugestão é ter sempre pincéis descartáveis (rímel e lábios), para usar quando estiver com “espinhas”, herpes, ou algum resfriado. Usa e joga fora, são baratinhos.
      – Logo publicarei o passo a passo da higienização correta. Pode usar sabonete antibacteriano e borrifar álcool 70. Quando é para uso exclusivamente pessoal pode dar intervalos de uma semana. Se aplicar em outras pessoas não use antes de lavar.
      Espero ter ajudado, hahah. Obrigada por ler e compartilhar sua experiência com a gente bonita! Beijo!!!

  12. Fê Vilain

    fevereiro 8, 2017 at 15:16

    Excelente Ti, Parabéns… O texto está muito bem detalhado, continua nesse caminho. E beleza sem saúde é ridículo, uma hora a conta chega… Bjoca grande

    1. Tiara

      fevereiro 8, 2017 at 15:27

      Obrigada Fê! Verdade e costuma ser cara… Bjao! <3

  13. Danubia Santiago

    fevereiro 8, 2017 at 22:08

    Parabéns Ti, eu não tinha conhecimento de metade do que foi falado no artigo. Ficou top!!! Beijos

    1. Tiara

      fevereiro 8, 2017 at 23:42

      Obrigada Dani! Você não é a unica, na verdade poucas pessoas tem acesso (interesse) a esse tipo de informação, geralmente é um tema abordado de forma científica e se torna uma leitura cansativa… Fico feliz pelo teu comentário e por ter lido <3 Beijo!

  14. Renata

    fevereiro 9, 2017 at 20:10

    Ti parabéns pelo texto! Tudo que você faz é maravilhoso. Esperando os proximos!

    Beijos
    Saudades de você !

    1. Tiara

      fevereiro 9, 2017 at 21:37

      Que linda! Obrigada Re! Que bom que gostou. <3
      Logo terá mais sim!
      Beijão, saudade também :*

Comments are closed.